A volta do super clássico

Boca-River, o super clássico do futebol argentino!

Hoje é dia de jogo do Boca contra o River, ou o que os argentinos chamam de Superclásico. Esse é o maior clássico da Argentina e reúne as duas maiores torcidas do país, além de gerar muita disputa e fanatismo dos dois lados. O jogo é na casa do River, o Estádio Monumental de Nuñez.

Além de ser um jogo por si muito importante, o de hoje é ainda mais especial porque já se passaram 532 dias (17 meses) desde o último choque pelo campeonato argentino, em 15 de maio de 2011. No ano passado o River foi rebaixado para a B Nacional (a 2a divisão) e depois de sofrer muito durante um ano nessa categoria, voltou para a Primeira após sair campeão.

Os dois times foram fundados no bairro portenho da Boca – uma das áreas historicamente mais pobres da cidade – o River em 1901 e o Boca em 1905. A rivalidade surgiu da luta para saber quem era o melhor time do bairro. Na década de 1920, o River mudou-se para Belgrano, uma das zonas mais nobres da cidade. No entanto a rivalidade já estava definida e até aumentou, porque a disputa ganhou contornos de “povo x elite”.

O jogo de hoje também encontra os dois times em uma situação bem parecida: ambos estão em posições médias da tabela, com ausência de grandes ídolos e com os técnicos bem questionados pelos maus resultados. Uma vitória para qualquer um dos lados vai significar um pouco de alívio pelo menos até a próxima rodada na semana que vem, além de dar a satisfação aos torcedores de tirarem sarro dos rivais, outro clássico do futebol.

A maior rivalidade do futebol argentino

O superclásico em  números

Os dois times já se enfrentaram 188 vezes no campeonato, com 69 vitórias para o Boca, 62 para o River e 57 empates. O Boca também leva uma ligeira vantagem em gols convertidos, são 259 para os xeneizes contra 246 para os millonarios.

O River ganha do Boca em matéria de campeonatos argentinos (34 a 30), mas em matéria de títulos internacionais o Boca ganha de lavada (Libertadores 6 X 2, Intercontinental 3 X 1, Sul Americana 2 x 0 e Recopa 4 X  0). Em matéria de Copa Libertadores, o Boca só perde para o Independiente, que ganhou 7 vezes. Os títulos do Boca também o colocam como o segundo time em conquistas internacionais, só perde para o Milan, da Itália.

Mas o River tem um título que o Boca não tem: Campeão da 2a divisão! Em toda sua história, o Boca nunca foi rebaixado de categoria, outra façanha que só comparte com o Independiente.

Riquelme comemora mais uma Copa Libertadores

A rivalidade entre os dois times atravessa gerações e cada um deles possui histórias e curiosidades que valem a pena descobrir e que serão tema de futuros posts :D. Eu sou torcedora do Boca declarada, se bem que de vez em quando fico contrariada com algumas coisas do clube.E vocês  gostam de futebol argentino? De qual clube gostam mais? Contem pra gente. E se gostaram do post, não esqueçam de compartilhar com seus amigos!

Fernanda Galli, direto de Buenos Aires, Argentina.

Post de boas-vindas | Todos os posts | Perfil | Twitter | Facebook

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: