A cada dia um novo desafio

Queridos leitores, antes de qualquer coisa me desculpem pela ausência, pois nos últimos meses tiveram muitos acontecimentos, vou explicar pra vocês:

Como vocês sabem estou morando em Dublin há 4 meses, nos primeiros dias eu estava me organizando na cidade, regularizando minha permanência no país e entre outras coisas. Estava à busca de um emprego como au pair, pois considero uma grande oportunidade, devido à possibilidade de morar com uma família irlandesa, conhecer os costumes, os hábitos, viver realmente a cultura deles, além de praticar diariamente  o inglês, já que o trabalho é cuidar das crianças, além de ganhar um dinheirinho para poder viajar.

Finalmente em 2 meses consegui uma oportunidade de trabalhar como au pair, fui morar com uma família irlandesa, era responsável por dois adolescentes, a experiência foi maravilhosa, vivenciei coisas que jamais imaginei. Tive uma experiência muito engraçada na primeira vez que fui buscar o garoto na escola, me perdi, não me lembrava do caminho, pra mim é diferente dirigir aqui, pois tudo é ao contrário já que a direção é do lado esquerdo. Tive que parar e pedir informação, mas graças a Deus conseguiram me entender e eu também, ainda bem que deu certo e eu consegui chegar a tempo na escola, enfim, entre outras coisas que vivi que foram bem relevantes para o meu crescimento, tanto como pessoa, quanto no meu aprendizado do idioma. Porém, foi uma experiência rápida de apenas 40 dias, por alguns motivos, não foi possível permanecer na casa, no entanto continuei a buscar por um novo emprego fiz várias entrevistas que até perdi a conta, como sou brasileira “não desisto nunca”! Rsrs…

Contudo, depois de 40 dias trabalhado resolvi tirar uma semana de férias na Espanha, foi uma viagem fantástica que vou escrever no próximo post. Quando voltei da Espanha continuei a busca de um novo emprego, Graças a Deus eu consegui uma nova oportunidade de trabalho como au pair, já estou morando com uma família irlandesa estou gostando muito da experiência, com certeza contarei mais nos próximos posts, só sei que a pequena garotinha está tornando meus dias menos difíceis, num país extremamente “congelante” onde a única coisa que não congela é a saudade da minha família e amigos, mas acredito que para ganhar algo temos que abrir mão de alguma coisa e nesse caso pra mim é estar longe das pessoas que realmente amo!

O Rio Liffey corta a cidade de Dublin. Foto: Fazen/Flickr

Fiquem com Deus!

Até a próxima!

Danielle Santos, direto de Dublin, Irlanda.

Este é o post de boas-vindas | Todos os posts | Perfil | Facebook

Anúncios

One response to this post.

  1. Posted by Patricia Dornelas on 10/12/2012 at 5:41 PM

    Não havia lido ainda este post!
    Muito bom!!!
    Abrir mão de algumas coisas, para obter outras … acredito que é este o caminho … mas é muito dificil, não é!?!?!
    “Neguinha”, vc manda muito bem com as palavras .. continue escrevendo!

    Um bjo

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: