Um dia de fúria

Nuvem passageira

Nuvem passageira

O dia amanheceu bem normal hoje. Olhei o celular e já era 07:50 hs. Droga, tenho que levantar, já nem tenho mais os famosos cinco minutinhos.

O tempo está feio, a chuva já estava mais que prevista, mas ainda não começou. Vou ligar a TV pra ver se a greve do metrô de hoje foi realmente cancelada (aqui nunca se sabe, decidem uma coisa e logo em seguida mudam de idéia). Metrô funcionando normalmente, vamos trabalhar então, né? Fazer o quê. Banho, perfume, batom, remédio, chaves, ok. Fui.

Como sempre chego com meus quinze minutos de atraso. Tenho que entregar uma tarefa na segunda-feira sem falta e já não posso mais enrolar pra começar, vamos que vamos. Preparo meu café com leite, hoje trouxe um croissant pra acompanhar. Será que se eu colocar umas musiquinhas o trabalho sai mais rápido?

Putz, que cheiro esquisito, parece vazamento de gás. Que raro, aqui no edifício não tem instalação de gás, mas estão quebrando a rua lá embaixo porque finalmente vai ser exclusiva para pedestres (que bom!!), os trabalhadores devem ter feito alguma merda e quebrado algum cano que não deviam.

Fui logo fuçar a internet pra ver se descubro o que está acontecendo. Vai que explode tudo aqui, com gás não se brinca. O La Nación me diz que foi um incêndio que aconteceu no porto de Buenos Aires, aqui pertinho do escritório. Um contêiner cheio de pesticida vindo da China (Ai, dona Daisy :D) explodiu e pegou fogo. Menos mal que as autoridades estão dizendo que o produto é de toxicidade média, não há motivos para pânico!  Só é fedido pra caramba!

Não há motivo para pânico!

“É uma nuvem tóxica, todo mundo pode ir embora pra casa”, avisa a colega do RH, ao borde das lágrimas. É pra já!!! Mais veloz que o raio, agarro a bolsa, pego o elevador e já chego no metrô rapidinho. Tem até lugar pra ir sentada, que beleza!

No tempo que levo pra chegar em casa a cidade já está paralisada. O metrô já não chega no centro,  as linhas do trem de Retiro pararam (a estação é do lado do porto), um navio de cruzeiro foi removido do porto e o Aeroparque tem os vôos demorados por causa dessa bendita nuvem passageira.

Cheguei em casa uns quinze minutinhos antes que a chuva começou a cair. Chuva? Não,  é um dilúvio. O temporal não deu trégua até umas sete da noite. O metrô, que tinha parado e voltado a funcionar, parou de novo. Greve pra quê? Sorte que eu já tou na minha casinha e que aqui não acabou a luz.

Alagados

Alagados

150 milímetros de água depois, a cidade ficou alagada, principalmente em Belgrano, Palermo e Villa Crespo, os lugares de sempre. Muitos semáforos sem funcionar, gente atravessando as ruas agarrados em cordas e até um maluco que tirou a prancha de windsurf do armário e foi dar uns rolês. Mas isso é tão normal que nem tem graça comentar. Acontece toda vez que chove forte, que nem São Paulo.

Mas nuvem tóxica é só aqui!!! Viver em Buenos Aires é tão emocionante! Só espero que a cidade não amanheça cheia de zombies amanhã.

Windsurf na Avenida Libertador

Windsurf na Avenida Libertador

Galeria Rio de Janeiro é coincidência ou ironia?

Galeria Rio de Janeiro é coincidência ou ironia?

Hoje o dia foi de ficção científica! Teve de tudo, o caos rolou solto por aqui. Sabe aquele típico dia que era melhor nem sair da cama? Pois é. O que vocês fazem em dias assim? Contem pra gente! E se gostaram do post, não se esqueçam de compartilhar com seus amigos!

Fernanda Galli, direto de Buenos Aires, Argentina.

Post de boas-vindas | Todos os posts | Perfil | Twitter | Facebook

Anúncios

14 responses to this post.

  1. Posted by Julia Galli on 07/12/2012 at 11:01 PM

    a coisa foi séria mesmo, mas aqui em São Paulo basta uma chuva que já tem esse caos!

    Responder

    • Não foi tão grave, mas agora é comum ter muitos temporais por causa da mudança climática e a infraestrutura não aguenta tanta água. Tomara que quando vc vier não pegue chuva 🙂
      Beijocas!

      Responder

  2. ADOREI O POST!!!! Vc devia pensar em escrever um livro, viu? Caraca, fiquei com medo só de ver a nuvem na foto. E vc escrevendo na maior calmaria! kkkkkkkkk Eu não sabia das enchentes aí… é, estamos distantes mas nem tanto. 😉

    Responder

    • Muchas gracias! Vou pensar sobre escrever um livro, bem que eu gostaria mas teria que deixar a preguiça de lado. Na verdade não foi muito grave, mas no dia que acontecer algo realmente grave por aqui estamos fritos, os argentinos são muito enrolados, kkkk. As enchentes estão cada vez mais frequentes, e a cidade não está preparada. O que mais gostei foi o maluco do windsurf, morri de rir….não é photoshop!! Beijocas!!!!

      Responder

  3. Caramba, o negócio foi feio mesmo por aí, né?! Na minha época de Buenos Aires nunca aconteceu uma enchente assim… ainda bem, porque nem nadar eu sei…rsrsrs
    E esses chineses são uns danadinhos, saem de tão longe pra contaminar o país dos outros, precisam ser mais cuidadosos.

    Fernanda, o texto ficou ótimo, você consegue descrever a situação com bastante bom-humor, parece nem ter ligado pra o mundo desabando lá fora.
    Beijos 🙂

    Responder

    • Oi Daisy, muchas gracias!
      Eu escrevi tranquilinha porque dei sorte de chegar em casa antes da chuva 🙂
      Mas depois foi tão comédia que o texto saiu facinho. Depois fui agregando algumas coisinhas, como o detalhe do maluco do windsurf, que eu achei o máximo do absurdo, jajaja.
      As enchentes vão vir com tudo no verão. Conseguiram fazer um túnel de desague em Palermo mas precisam fazer outro em Belgrano e a briga entre Macri e Cristina está impedindo que a obra saia, enfim.
      Beijocas pra vc aí do outro lado do mundo.

      Responder

  4. Posted by Nathalia on 12/12/2012 at 3:31 PM

    Oi fernanda, estou indo para Buenos Aires segunda feira, dia 17, o tempo está muito ruim? ta chovendo muito?
    você acha que não vou aproveitar?
    Aguardo uma resposta. Muito Obrigada.

    Responder

    • Oi Nathalia, tudo bem? Muchas gracias por seu comentário. Aproveito para te convidar a curtir nossa página no Facebook para receber todos nossos posts sempre fresquinhos 😀

      Os prognósticos não são muito favoráveis para a semana que vem, está previsto chover no domingo e a semana vai ser chuvosa. Mas sabe como são as previsões do tempo, nunca são infalíveis.

      De qualquer maneira tem muita coisa que você pode aproveitar mesmo com chuva, em Buenos Aires não faltam opções.

      Deixo o link do weather channel com a previsão de tempo para Bue na semana que vem:
      http://www.weather.com/weather/tenday/Buenos+Aires+ARBA0009:1:AR

      Um beijo e volte sempre!

      Responder

  5. De acordo com as autoridades, o produto que provocou a nuvem é um pesticida. As informações são desencontradas, mas elas envolvem um contêiner no Terminal 4 do porto da cidade que, segundo a Administração Geral dos Portos, foi atingido por um incêndio. No contêiner havia o pesticida Thio Dicarb, à base de fósforo, de “média e baixa toxidade”.

    Responder

    • São muitas versões, por sorte não foi algo realmente grave porque senão estaríamos todos fritos.

      De qualquer maneira, quando voltei para o escritório na sexta-feira o cheiro ruim continuava porque o edifício não tem ventilação, as janelas não abrem. Passei o dia todo respirando esse pesticida e tive dor de cabeça contínua até a terça-feira seguinte, não tinha analgésico que fizesse efeito.

      Enfim, por sorte já passou!! 😀

      Obrigada pelo comentário, visite a nossa página no Facebook para receber as atualizações do blog!

      Fernanda

      Responder

  6. Posted by Yoryi on 15/01/2013 at 4:28 PM

    Muy lindo relato!!!

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: