Cuidado que lá vem cuspe!

Sempre que eu moro ou visito algum lugar fora do meu país de origem, fico atenta aos costumes dos nativos. Faço isso porque tento entender antes de fazer qualquer crítica ou colocação negativa sobre a cultura dos outros. E foi pensando nisso, que há aproximadamente um ano e meio, venho observando os chineses e seu modo tão diferente de ser.

Não posso deixar de dizer que entre tantos costumes peculiares, a estranha mania de cuspir e arrotar em público me chamou bastante a atenção. Só que chamou minha atenção de uma forma não tão positiva – ou seja, me incomodou e continua incomodando muito.

Por favor, não cuspa no chão!

Para nós, ocidentais, esse tipo de comportamento é feio, deselegante e fere as normas da boa educação e higiene, certo? Mas, e para os chineses?

Para eles, acreditem, é a coisa mais natural do mundo, não se sentem nem um pouco constrangidos em realizar tal tarefa em público. E foi essa falta de constrangimento que me levou a querer saber o porquê de fazerem isso o tempo todo, em qualquer lugar, com a maior naturalidade. Então, fui atrás de fuçar algumas informações e descobri que esse costume está relacionado com uma tradição milenar que diz: se existe algo dentro de seu corpo que o incomoda e que, de alguma forma, possa te causar mal, você deve expulsá-lo imediatamente… Tá! Entendido e registrado, mas confesso que  continuo achando estranho.

Vocês devem estar imaginando as milhares de situações desagradáveis que um estrangeiro recém-chegado em terras chinesas (como eu há um ano e meio) passa. Por exemplo, são cuspidas e arrotos que te pegam completamente desprevenida!! Sim, minha gente, não é brincadeira, isso na China é coisa séria… Rsrsrss 😉 !!!

É bem verdade que aqui em Hong Kong eles são um pouco mais cuidadosos, mas basta atravessarmos a fronteira e entrarmos na China Continental, para notarmos como esses hábitos estão ainda mais arraigados no dia a dia dos chineses. É uma prática tão comum entre eles, mas tão descabida para um estrangeiro, que nem tem como não causar uma sensação de desconforto. Vocês podem até achar que eu estou exagerando, mas quem já esteve na China sabe muito bem do que eu estou falando!!

Já deu pra notar que não é nada fácil viver no país dos outros, não é nada fácil se enquadrar e conviver com costumes que a gente desconhece e tem 100% de certeza que nunca vai (e nem faz questão) de aprender.

Apesar de achar que devemos nos esforçar ao máximo para que a adaptação aconteça, apesar de achar importante se livrar de preconceitos, abrir a cabeça para o novo e aprender a conviver com as diferenças  – estou ciente de que com alguns hábitos, por mais esforço que façamos, nunca seremos capazes de nos habituar.

Eu sabia que  morar em um país com uma cultura tão distinta da minha, não seria assim tão fácil. Sabia também que teria que conviver com coisas boas e com aquelas não tão boas assim… e digo pra vocês: eu tentei (juro que tentei) agir com naturalidade diante dessa mania tão descabida, mas não deu!!

Sei que faz parte da cultura e respeito isso, mas os chineses que me desculpem, com esse hábito (tão tipicamente chinês) a expatriada aqui nunca conseguirá se adaptar… Não mesmo!!

E você, já passou por alguma situação constrangedora no lugar em que vive? Conte pra gente, adoraríamos saber!

Daisy Schäfer, direto de Hong Kong, China.

Post de boas-vindas | Todos os posts | Perfil | Facebook

Anúncios

6 responses to this post.

  1. Kkkkkkkkkk não sei nem o que comentar! Mas é o que você disse, apesar de não ser do nosso agrado, é cultural. Ande de guarda-chuva! Vai que rola um “descarrego” do alto dos prédios! heheheh

    Responder

  2. Adorei, Daisy!!! rsrs..nao sabia dessa parte “exotica” deles nao!!rsrs… mas, na pior das hipoteses, entra no clima deles tambem, ainda que por uma única vez, descubra o “prazer ” de fazer esses gestos tao NATURAIS, hahhaa,… ao menos, pra gente do outro lado do mundo!!! Beijoes e siga por aqui!!!
    Renata

    Responder

  3. Xiiii, amiga, entrar no clima deles? Me sentiria uma mulher das cavernas, não sei se conseguiria, mas vou estudar a ideia com carinho… Hahahahahahah
    Beijo

    Responder

  4. Ah, nem me fale. Detesto essas coisas. Para mim seria pesadelo.

    Vou mandar marido pra China, ahahhahaha.

    O alemao tem mania de peidar.

    Nao digo na frente dos outros. Mas eles peidam até na mesa na hora do jantar. É uma briga aqui em casa por causa disso porque detesto. E peidar no quarto quando vc tá na cama com frio e ai o marido peida. Ah tem dó. Eu fico num mau humor …
    Conversei isso com outras brasileiras casadas com alemaes e elas têm o mesmo problema…

    Bjos bom fim de semana

    Responder

  5. Geórgia, é sério isso? KKkkkkkkkk
    Aqui não tem escapatória, até a senhora que trabalha comigo (que é das Filipinas, mas trabalhou 18 anos com uma família chinesa) chegou aqui em casa com essa mania asquerosa. Eu tive que conversar com ela e explicar que pra nós é falta de educação e pronto. Enfim, são diferenças culturais que nos incomodam muito, mas que não temos mesmo como evitar.
    Beijos e obrigada pelo comentário.
    😉

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: